O setor de reparo automotivo é um setor já considerado como necessidade básica. A pandemia veio para nos mostrar que este é um setor indispensável para a rotina do brasileiro, enquanto os automóveis forem o principal meio de transporte, haverá oportunidades de sucesso no setor.

Entender de manutenção de auto não deve ser a única habilidade de um dono de oficina. O desconhecimento das noções básicas de gestão de uma oficina é um dos maiores motivos de falência de pequenos estabelecimentos. É necessário saber gerir a saúde financeira para a prosperidade do seu negócio.

Por isso, trouxemos aqui 5 práticas que devem ser adotadas ainda hoje para que sua oficina permaneça sustentável.

1 – Invista em cursos de gestão financeira de negócios.

O principal objetivo de um negócio, é gerar lucro. Por esse motivo, a gestão financeira da sua empresa deve receber tanta atenção quando a sua reciclagem de conhecimentos automotivos.

Para manter a saúde financeira da sua oficina em dia, adote práticas de controle como fechamento diário de caixa. Todos os dias contabilize as entradas e saídas do caixa e já deixe preparado para o próximo dia. Assim é mais fácil identificar e resolver possíveis incoerências.

Desta maneira também é possível acompanhar diariamente o crescimento e o recuo do mercado, e te permite projeções de corte de custos e possibilidades de investimento.

Não misture gastos pessoais com o dinheiro da empresa. Determine sua retirada fixa (pro-labore) e o restante planeje investimentos, melhorias e fluxo de caixa.

De 6 em 6 meses, analise seus números e projete o seu próximo semestre. Depois de alguns semestres em crescimento, a projeção poderá passar a ser anual. Crie um planejamento financeiro analisando sua situação atual e faça uma projeção de vendas e gastos dos próximos seis meses. Somente assim, você em quanto tempo conseguirá investir em sua empresa, como a contratação de mais mão de obra e até mesmo de metas pessoais, como aumentar sua retirada mensal.

2 – Crie ações que fidelizem seu cliente.

Seja uma oficina especializada em mecânica, ou uma oficina especializada em problemas eletrônicos, ou uma oficina especializada em funilaria e pintura, há sempre diversos momentos onde um único cliente pode voltar a precisar dos seus serviços.

A principal ferramenta de fidelização de cliente para as oficinas é a confiança. Quando um cliente confia no seu trabalho, através das transparências no atendimento, você consegue fidelizar.

E é a fidelização que paga as contas de sua oficina. Por isso não meça esforços para encontrar diversas maneiras de conseguir conquistar seu cliente.

Você pode criar um programa de recompensa para cada vez que um cliente voltar à oficina. Também pode buscar por um sistema que lembre seus clientes que está chegando o período de troca de óleo, revisão de freios, alinhamento e balanceamento, e assim por diante.

3 – Invista em qualificação para você e seus funcionários

Um dos grandes motivos da desvalorização do automóvel a partir do momento que sai da fábrica, são as novas tecnologias. Em constante evolução, a tecnologia automotiva fica ultrapassada ano após ano. Por isso, os seus conhecimentos, assim como de seus colaboradores, precisam ser renovados constantemente, tornando sua oficina atualizada e competitiva a todo momento.

4 – Aprenda a cobrar pelos seus serviços corretamente

Oferecer o menor preço ou descontos e mais descontos, a primeira vista parece ser uma excelente estratégia para atrair e fidelizar cliente, mas na verdade é o contrário. Preço é uma das estratégias mais frágeis de garantir sua renda. Uma vez adotado o método do menor preço, você nunca mais conseguirá reverter o quadro, sendo sempre reconhecido com O MAIS BARATO. O dia que o seu serviço não corresponda a expectativa de ser o mais baixo ou com maior desconto e seu cliente encontrar em outro lugar mais vantagens e menores preços, você será trocado. Além disso, baixos preços passam a impressão de que os serviços oferecidos podem ser de baixa qualidade, e quando o cliente precisar de um serviço mais “caro” e que exige maior competência, ele vai preferir entregar o carro para aquele que passa maior confiança.

Faça uma pesquisa de mercado e descubra os preços praticados pela sua concorrência e trabalhe com estes valores como parâmetro para sua precificação.

Precifique seu trabalho de acordo com sua experiência e qualidade. Não tenha medo colocar preços justos, mostre a eles que o seu trabalho vale o quanto custa. Isso não quer dizer que seus valores devam ser acima da realidade da sua cidade. O poder aquisitivo de sua região é um fator determinante para a precificação.   

5 – Invista em novas tecnologias. 

E esse tópico não aborda somente sobre investimento em novos serviços e ferramentas automotivas tecnológicas. É principalmente sobre investimento em tecnologias para gestão do seu negócio.

Controle de pagamento, cadastro de clientes, precificação, estoque, faturamento. São muitos os controles gerenciais que você precisa para ter a saúde financeira do seu negócio sob controle. Não dá para pensar em crescimento, se você ainda é refém de bloco de anotação!

Ninguém que esteja realmente procurando crescimento, deve se manter trabalhando com papel, caneta e um monte de anotações em blocos perdidos e espalhados.

Busque softwares, planilhas ou até mesmo pessoas realmente qualificadas para a gestão financeira de seu empreendimento. Somente assim você conseguirá oferecer melhores serviços e pensar em expansão de produtos e serviços.

5 práticas indispensáveis para o sucesso de sua oficina

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *