O motor do seu carro está superaquecendo de vez em quando? Então preste bem atenção nesse post pois o superaquecimento pode causar danos irreversíveis ao motor.

O primeiro sinal de que um motor pode estar superaquecendo é quando o ponteiro da temperatura do motor fica vermelho ou aparece um símbolo de superaquecimento piscando no painel, por isso, fique atento a esse primeiro sinal!

Um motor geralmente sobreaquece devido à falta de um líquido de arrefecimento de boa qualidade ou a um problema de como o líquido de arrefecimento é bombeado ao redor do motor. 

Esses problemas quase sempre serão causados ​​por falha de uma ou mais peças do sistema de arrefecimento. E aqui são os problemas mais comuns que levam ao superaquecimento do motor:

1 – Baixo nível de líquido de arrefecimento

Isso pode parecer óbvio, mas com o tempo, mesmo sem a presença de nenhum vazamento, o fluido arrefecedor pode evaporar gradualmente. A melhor hora para verificar o nível do líquido de arrefecimento é quando o motor está frio. Deve estar entre as marcações mínimas e máximas.

2 – Vazamentos De Fluido

Se o nível do líquido de arrefecimento estiver baixo, você precisará descobrir o porquê. Dê uma olhada ao redor do motor em busca de sinais de vazamento, especialmente sob as mangueiras e nas junções onde elas se prendem ao radiador e ao motor. Se você vir uma mangueira rachada ou uma junta com vazamento, pode ter encontrado o problema, caso contrário, aumente o nível do fluido e verifique novamente em alguns dias.

Se o nível cair novamente, mas ainda não houver vazamentos, o liquido de arrefecimento pode estar vazando para dentro do motor. Isso pode ser difícil de diagnosticar corretamente, mas alguns sinais de advertência incluem depósito leitoso sob a tampa do reservatório de óleo, nível de óleo do motor mais alto que o normal e com aspecto leitoso, líquido de arrefecimento marrom ou com aparência suja. 

3 – Bomba De Água Quebrada

A função da bomba d’água é bombear fluido ao redor do motor. Em velocidade máxima, ele pode mover o líquido de arrefecimento ao redor do motor até 20 vezes por minuto! Com o tempo a bomba d’água pode quebrar e se tornar menos eficiente ou parar de funcionar completamente.

Uma bomba d’água quebrada costuma ser fácil de diagnosticar, mesmo sem removê-la do carro. Se o motor está superaquecendo quando não está em movimento, há fluido em seu reservatório e a ventoinha do radiador está ligando quando o motor esquenta, então verificar a bomba de água é o próximo item da lista.

4 – Mangueiras Bloqueadas Ou Radiador Bloqueado

Se o líquido de arrefecimento não for trocado regularmente, ele pode recolher sujeira e areia que podem bloquear parcialmente as mangueiras de borracha, levando a uma diminuição na taxa de fluxo. Em carros mais antigos, o radiador pode ficar sujo com a sujeira do fluido. Isso diminui sua eficiência e às vezes pode levar a um bloqueio total.

5 – Termostato do Liquido de arrefecimento Quebrado

O termostato controla o fluxo do fluido ao redor do motor, monitorando a temperatura do motor. Ele faz isso abrindo quando o motor fica quente para permitir que o líquido de arrefecimento flua para o radiador, esfrie e depois volte para o motor. Se você descartou quaisquer problemas com o resto do sistema, vale a pena tirar o termostato para uma análise mais detalhada.

6 – Baixo nível de óleo do motor

O óleo do motor do seu carro também ajuda a mantê-lo na temperatura de trabalho. Se você deixar o nível do óleo ficar muito baixo, isso também pode contribuir para o superaquecimento. Também é muito importante usar o óleo certo no carro e trocá-lo regularmente. 

A principal causa de um superaquecimento do motor sem vazamentos é uma bomba de água com defeito, um termostato quebrado ou um radiador bloqueado.

Como Funciona O Sistema de Arrefecimento Do Motor?

Todo carro possui um sistema de arrefecimento para mantê-lo funcionando na temperatura ideal. Os sistemas de arrefecimento são muito simples e todos funcionam usando os mesmos princípios, independentemente do motor que estejam resfriando.

Os primeiros carros usavam um sistema de arrefecimento que consistia em direcionar o ar frio ao redor das peças do motor à medida que o carro se movia. O ar frio pode fluir naturalmente ou pode ser direcionado usando uma ventoinha motorizadas. 

Conforme os carros se tornaram mais sofisticados, com motores maiores e mais potentes, os fabricantes mudaram para um sistema de arrefecimento com água pressurizada para manter o motor funcionando na temperatura certa.

Esse sistema funciona bombeando um fluido conhecido como líquido de arrefecimento por meio de mangueiras e tubos ao redor dos canais do bloco do motor. O fluido frio remove o calor do motor e, em seguida, é passado por um radiador que, por sua vez, resfria o fluido. Quando a temperatura fica muito alta, geralmente há um ventilador que ajuda a dissipar o calor do radiador.

A maioria dos carros de passageiros hoje tem sistemas de arrefecimento semelhantes compostos das mesmas peças básicas. Normalmente, quando algo dá errado, é por causa de um problema com uma dessas peças. 

Quando o motor está frio, o termostato normalmente está fechado, bloqueando a parte central do aquecedor do sistema. Assim que o motor aquece até uma determinada temperatura, o termostato abre, permitindo que o líquido de arrefecimento flua totalmente ao redor do motor. A falha do termostato é uma falha comum à medida que um motor envelhece.

O Que Fazer Se O Seu Carro Superaquecer?

Se você ver o ponteiro da temperatura do motor no vermelho, ou uma luz de advertência no painel avisar que o motor do seu carro está superaquecendo, você precisará agir rapidamente.

Se vir um vapor saindo de baixo do capô tome o máximo de cuidado. Se houver uma mangueira estourada ou um grande aumento de pressão no sistema de arrefecimento, o fluido tentará escapar e se estiver em ponto de ebulição, tentará escapar como vapor. Isso também pode deixar o capô muito quente, por isso tome muito cuidado, o vapor pode subir ao seu rosto e causar graves queimaduras.

Cheiro de queimado vindo pela ventilação para o carro também é um sinal de alerta. Se o motor estiver superaquecendo, todas as peças do motor também começarão a superaquecer. Isso pode criar um cheiro de combustível quente ou borracha que você geralmente sente na cabine do passageiro.

Perda de potência é outro indicativo de que algo não está ok. Um motor superaquecido não funcionará com eficiência. Mesmo que o motor esteja levemente superaquecido, o computador do motor tentará ajustar a taxa de combustível para compensar e isso pode afetar o desempenho. Além disso, os componentes do motor também podem se expandir, colocando uma pressão extra no motor.

Volume baixo de água, este é um fator que devemos ficar sempre de olho. Se houver vazamento de água, o nível no reservatório será baixo. Pode ser um vazamento lento e gradual ao longo de algumas semanas também, por isso é importante ficar de olho caso uma poça suspeita apareça pela manhã em baixo do carro.

O que fazer se você estiver dirigindo e perceber os sinais de superaquecimento?

Se você estiver dirigindo, pare imediatamente ou assim que for seguro. 

Não desligue o motor imediatamente, deixe-o funcionando e abra o capô para deixar escapar um pouco do calor. Tenha cuidado, pode haver algum ar quente preso ou vapor de uma mangueira estourada. 

Não toque em nenhuma parte do motor ainda, pois estará muito quente.

Ligue o aquecedor no carro até a configuração máxima e, em seguida, ligue o ventilador com todas as aberturas de ventilação abertas. Isso ajudará a sugar um pouco do calor do compartimento do motor. Certifique-se de que o ar condicionado esteja desligado, você deseja reduzir a carga do motor.

Se o motor começar a esfriar em alguns minutos, desligue-o, mas deixe a ignição ligada para que os ventiladores possam continuar funcionando. 

O Que Você NÃO DEVE FAZER Quando Seu Carro Está Superaquecendo:

Não continue dirigindo. Isso pode causar danos caros e irreversíveis em seu carro.

Não toque em nenhuma peça do motor. Um motor superaquecido atingirá altas temperaturas e causar graves queimaduras

De maneira nenhuma abra o reservatório de água. Haverá um aumento de pressão e vapor no sistema, abri-lo pode ocasionar em uma explosão de líquidos quentes em você. 

A única maneira de ajudar a impedir o superaquecimento do seu carro é realizando manutenções regulares em seu mecânico de confiança.

O superaquecimento pode derreter peças e até fundir o motor do carro trazendo grandes prejuízos ao proprietário do veículo.

Tome cuidado!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *